30º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS DE SP

August 24, 2019

 

Diversidade temática ao alcance de todos

 

Na última quarta-feira (21/08), a sempre aguardada abertura da 30ª Edição do Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo ocorreu em sua já tradicional casa: o Cinesesc, localizado na rua Augusta, 2075.

 

Como também é tradição, a sessão de abertura do festival costuma exibir alguns dos prováveis maiores destaques das futuras sessões que percorrerão ao longo de dez dias, divididos em diversas categorias paralelas, diversas salas de cinema da capital paulista.

 

O primeiro curta-metragem exibido foi o já lendário Ilha das Flores (1989), dirigido por Jorge Furtado (Saneamento Básico, 2007). Recentemente eleito por diversos críticos como "o melhor curta brasileiro de todos os tempos". É fato incontestável que o curta-metragem é mesmo uma verdadeira aula de como se fazer cinema com poucos recursos, com extrema originalidade narrativa e finíssima ironia. Sem dúvida, no mínimo, deve mesmo figurar entre os melhores já produzidos em nosso país.

 

Na sequência foi apresentado Beautiful Loser, 25min, dirigido pela francesa Maxime Roy. Uma espécie de docudrama sobre um ex-viciado em drogas pesadas. Típico filme que promete muito e entrega pouco, com andamento lento e desfecho previsível.

 

Tivemos também Zumbis, coprodução entre Bélgica e Congo, 14 min, dirigida por Baloji. Curta bem dirigido, com belos planos e boa fotografia. Não há propriamente uma história ou narrativa, trata-se de um trabalho predominantemente estético, quase na linha da videoarte, com resultado bastante bonito e satisfatório.

 

E a sessão de abertura encerrou com aquele que, provavelmente, deve ser um dos filmes mais caros apresentados pelo festival: Time Out, animação em 3D - 6 min, dirigido pelo francês Yannick Violin. Típico filme tecnicamente bem realizado, mas que não oferece qualquer novidade ou surpresa em termos narrativos, talvez só comprovando o aparentemente esgotamento do formato 3D atualmente.

 

Em resumo, uma sessão de abertura variada, agradável de assistir, apesar de sua irregularidade.

Como em todos os anos, o evento traz encontros, bate-papos, masterclass, festas, entre outras atividades. O festival vai até dia 1 de setembro e terá todas as atividades gratuitas.

 

Acompanhe toda a programação em https://2019.kinoforum.org/ 

Please reload

Siga-nos:
  • Facebook Classic
  • c-youtube
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now